ORDEM DO ARCO-ÍRIS

A+ = A-

ORDEM INTERNACIONAL DO ARCO-ÍRIS PARA MENINAS

Imprimir E-mail

 

A Ordem Internacional do Arco-íris para Meninas é uma organização dedicada à edificação do caráter das adolescentes através dos preceitos:

 

Amor ao lar, à família e ao próximo;

Crença na existência de Deus;

Respeito para com a natureza;

Crença na imortalidade da alma;

Fidelidade e dignidade de caráter;

Patriotismo e amor pelo país;

Liderança efetiva;

Serviço em prol da humanidade e da comunidade.

 

Seu objetivo é criar líderes e desenvolver o caráter individual. Através de regras e exemplos, continuamente enfatiza a cada menina as lições ensinadas pelas cores do arco-íris.

 

 

Nossa Ordem foi baseada na história de Noé, que está em Gênesis 9, na Bíblia Sagrada. Lá é contado o motivo de o arco-íris aparecer no céu, depois de forte chuva. As cores do arco-íris representam as sete virtudes que uma menina deve ter. São elas: Amor, Religião, Natureza, Imortalidade, Fidelidade, Patriotismo e Serviço.

 

 

As Assembleias do Arco-íris podem ser patrocinadas por uma ou mais Lojas Maçônicas, por um Capítulo da Ordem da Estrela do Oriente, da Ordem de Amaranth ou da Ordem do Santuário Branco de Jerusalém.

 

 

A Ordem no Brasil

 

 

Em nosso país, as primeiras notícias sobre a Ordem foram trazidas pelo Mestre Maçom José Rodrigues Filho (Patrono do Arco-íris no Brasil), que teve suas aspirações encampadas pelo também Mestre Maçom João Chiarelli Salgado, grau 33°, sua esposa Mára Drummond Salgado e mais um grupo de Tios e Tias da Loja Maçônica Acácia do Oeste I nº 44 de Cascavel, Paraná. No dia 16 de maio de 1992, foi fundada a Assembleia Caminho de Luz I, de Cascavel. O Tio Salgado foi nomeado pela Suprema Assembleia o Supremo Deputado da Ordem do Arco-íris para o Brasil, sendo o primeiro a exercer este cargo na América do Sul.

 

 

Hoje, na Grande Jurisdição do Paraná, temos Assembleias em 13 cidades do Paraná: Cascavel, Londrina, Astorga, Paranavaí, Francisco Beltrão, Umuarama, Arapongas, Cruzeiro do Oeste, Toledo, Rolândia, Ponta Grossa, Curitiba e Foz do Iguaçu. Ainda fazem parte desta jurisdição Assembleias nas cidades de Guaraí e Araguaína, no Tocantins, em Belém, no Pará, e duas Assembleias no Paraguay, nas cidades de Assuncion e Ciudad Del Este.

 

 

Em solo brasileiro, temos ainda a Grande Jurisdição do Espírito Santo, e a Grande Jurisdição de São Paulo, a qual também abriga Assembleias de Minas Gerais e Distrito Federal.

 

 

A Ordem no Mundo

 

 

A Ordem Internacional do Arco-íris para Meninas foi idealizada pelo Mestre Maçom, grau 33, William Mark Sexson (autor do ritual de nossos trabalhos). A fundação foi na cidade de McAlester, Oklahoma, nos Estados Unidos da América do Norte, em 06 de abril de 1922.

 

 

Mr. Sexon pretendia aumentar ainda mais a família maçônica, abrindo espaço para que as meninas também pudessem participar. Nossa Ordem foi criada na época em que o mundo sofria fortes consequências pós 1ª Guerra Mundial, período este, em que pais e irmãos tiveram que abandonar seus lares para lutar. Muitos deles não voltaram, então se percebeu a necessidade de alguém para orientar e amparar as meninas.

 

 

Foi assim que surgiu a ideia do Arco-íris, uma Ordem onde as jovens aprendem a compartilhar suas ideias com pessoas de sua idade e são assistidas e orientadas por adultos, para que possam desenvolver a Verdadeira Dignidade Feminina. Desde então, a Ordem tem se espalhado pelo mundo, com mais de 850 Assembleias, criando raízes no Brasil, Paraguay, Bolívia, Aruba, Porto Rico, México, Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Itália, Filipinas, Japão e Austrália.